2019-03-01

DGRM e APAT estudam medidas de cooperação

A Direção-Geral dos Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) e a Associação dos Transitários de Portugal (APAT), analisaram as possíveis áreas de cooperação entre as duas entidades, com o objetivo de se identificarem ações a desenvolver no imediato e futuramente.

O papel importante de integradores de transporte coloca os transitários como elementos chave na implementação da Janela Única Logística e do conceito de Porto Seco, bem como em matérias relacionadas com o transporte intermodal e do comercio internacional. Por outro lado, encontram-se atualmente em discussão no espaço europeu um conjunto alargado de evoluções tecnológicas nos transportes que importa acompanhar conjuntamente, incluindo a evolução dos aspetos aduaneiros.

Desta reunião resultou a criação de um grupo de trabalho entre as duas instituições que irá desenvolver os trabalhos identificados no âmbito desta cooperação.

Recorde-se que a APAT conta com mais de 250 associados que têm um volume de vendas anual de cera de 2,5 mil milhões de euros e empregam mais de 5.400 pessoas.