Espécies - Crustáceos 


 Medidas de gestão aplicáveis a algumas das principais espécies de Crustáceos

 

               Crustáceos 

 

Camarão-branco-legítimo - Palaemon serratus

Tamanho mínimo: 6  cm
Regras aplicáveis à pesca com arrasto - espécie-alvo com malhagem 20-31 mm e 32-54mm com 50% mínimo para o conjunto das espécies alvo que inclui também o pilado e outra espécie de camarão.
Interdita a pesca com redes de emalhar, excepto como captura acessória, até 5% do total a bordo
Passível de captura com armadilhas de gaiola 8-29 mm desde que seja capturado uma percentagem mínima de 80% por maré

Camarão-vermelho ou carabineiro - Aristeus antennatus

Tamanho mínimo: 9,4 cm (2,9 cm comprimento da carapaça)
Regras aplicáveis à pesca com arrasto - espécie-alvo com malhagem 55-59 mm com 30% mínimo para o conjunto das espécies alvo que inclui também o camarão púrpura e a gamba branca (20% se a bordo também existir malhagem ≥ 70mm)
Interdita a pesca com redes de emalhar, excepto como captura acessória, até 5% do total a bordo

Gamba-branca - Parapenaeus longirostris

Tamanho mínimo: 9,4 cm (2,4 cm comprimento da carapaça)
Regras aplicáveis à pesca com arrasto - espécie-alvo com malhagem 55-59 mm com 30% mínimo para o conjunto das espécies alvo que inclui também o camarão vermelho e a gamba branca (20% se a bordo também existir malhagem ≥ 70mm)
Interdita a pesca com redes de emalhar, excepto como captura acessória, até 5% do total a bordo

Lagostas Palinurus spp.

Tamanho mínimo: 9,5 cm (comprimento da carapaça)
Passível de captura com armadilhas de gaiola  > 50mm com 100% de espécie alvo do total a bordo
Interdita a pesca com redes de emalhar, excepto como captura acessória, até 5% do total a bordo

Lagostim Nephrops norvegicus

Tamanho mínimo: 7 cm (2 cm comprimento da carapaça)
Espécie sujeita a TAC/quota objecto de um Plano de Recuperação, em conjunto com a pescada
Regras aplicáveis à pesca com arrasto - espécie-alvo com malhagem ≥ 70 mm
Passível de captura com armadilhas de gaiola 30-50 mm, com 80% para o conjunto de espécies–alvo que inclui, o polvo, as navalheiras e as lagostas e > 50 mm, com 100% das espécies alvo
Interdita a pesca com redes de emalhar, excepto como captura acessória, até 5% do total a bordo

Navalheiras - Necora puber e Liocarcinus spp.

Tamanho mínimo: 5 cm
Passível de captura com armadilhas de gaiola 8-29 mm e 30-50 mm, com 80% para o conjunto de espécies–alvo que inclui, o polvo, o lagostim e as lagostas e > 50 mm, com 100% das espécies alvo
Interdita a pesca com redes de emalhar, excepto como captura acessória, até 5% do total a bordo
Defeso: 15 de Fevereiro a 15 de Junho

Percebe  - Pollicipes pollicipes

Tamanho mínimo: 2 cm (sem prejuízo do tamanho mínimo fixado para as Berlengas)
Passível de captura com arrilhada por apanhadores licenciados.
A apanha  tem regras específicas na Reserva Natural das Berlengas e no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e  Costa Vicentina.
Existe um limite máximo de captura de 20 kg por dia/apanhador (sem prejuízo de outras quantidades fixadas na RNB e no PNSACV).
Defeso: 15 de Setembro a  15 de Outubro (sem prejuizo dos períodos de defeso, mais alargados, previstos nas duas zonas acima referidas) .

Santola - Maja squinado

Tamanho mínimo: 12 cm
Passível de captura com armadilhas de gaiola > 50mm
Interdita a pesca com redes de emalhar, excepto como captura acessória, até 5% do total a bordo 
Defeso: 15 de Fevereiro a 15 de Junho

Sapateira - Cancer pagurus

Tamanho mínimo: 13 cm
Passível de captura com armadilhas de gaiola > 50mm
Interdita a pesca com redes de emalhar, excepto como captura acessória, até 5% do total a bordo