2019-04-03

Workshops do Projeto OceanWise em Vigo e Londres juntam especialistas e empresas para reduzir a produção de lixo marinho

Depois do workshop OceanWise em Lisboa no início de março, Vigo (16 de março) e Londres (27 de março) receberam há dias as primeiras sessões participativas com stakeholders do projeto OceanWise para a redução do impacto de lixo marinho causado por esferovites e outros poliestirenos expandidos.

Em Vigo, os 22 participantes incluíam produtores de EPS, recicladores de EPS, empresas de gestão de resíduos, associações de profissionais da EPS, fabricantes de máquinas para a absorção de EPS, autoridades portuárias, representantes das pescas e das Indústrias de Aquacultura, um grupo de supermercados e ONGs.

Uma semana depois, em Londres, o projeto ouviu os 16 participantes em Londres que representavam produtores de EPS, a Federação Britânica de Plásticos, empresas de comércio de peixe e marisco, produtores de caixas de peixe em materiais alternativos, empresas responsáveis pela gestão de resíduos, organizações não governamentais e entidades públicas responsáveis pela gestão de ambiente marinho e por políticas públicas de gestão de resíduos

Os tópicos mais destacados pelos stakeholders foram: melhoria da Reciclagem, Gestão, Legislação e Regulamentação específicas, Sensibilização, Incentivos Financeiros e Pesquisa e Inovação.

Nestes encontros, a DGRM participou como coordenadora do projeto OceanWise.

Os workshops com stakeholders do projeto decorrem durante todo o ano de 2019 nos 5 países que participam no projeto (Portugal, Espanha, França, Irlanda e Reino Unido) e têm por objetivo captar a participação ativa dos sectores que influenciam o problema complexo da perda de produtos descartados para o mar.

Em maio o projeto reunirá stakeholders irlandeses e em julho será a vez de ouvirmos os stakeholders franceses.